terça-feira, 5 de junho de 2012

SAIA DO BARCO E ANDE


Na quarta vigília da noite, foi Jesus ter com eles, andando por sobre o mar.
E os discípulos, ao verem-no andando sobre as águas, ficaram aterrados e exclamaram: É um fantasma! E, tomados de medo, gritaram.
Mas Jesus imediatamente lhes disse: Tende bom ânimo! Sou eu. Não temais!
Respondendo-lhe Pedro, disse: Se és tu, Senhor, manda-me ir ter contigo, por sobre as águas.
E ele disse: Vem! E Pedro, descendo do barco, andou por sobre as águas e foi ter com Jesus.
Reparando, porém, na força do vento, teve medo; e, começando a submergir, gritou: Salva-me, Senhor!
E, prontamente, Jesus, estendendo a mão, tomou-o e lhe disse: Homem de pequena fé, por que duvidaste?
Mt 14:25-31

"Se és tu, Senhor, manda-me ir ter contigo, por sobre as águas. E ele disse: Vem!"
Diante dessa pergunta, percebemos que Pedro queria estar com Jesus, se aproximar dele. Queria ir além daquele barco, além do natural. Ele queria aprender com Jesus, ser como seu mestre, um verdadeiro discípulo. Pedro queria andar sobre as águas...
Ele desejava ter experiência com Deus, necessitava ser fortalecido na fé, e Jesus apenas disse: Vem!
Era necessário que Pedro tomasse a decisão, era necessário que ele desse o primeiro passo. Que tivesse a coragem e a vontade de ir até Jesus, ou ao menos, tentasse andar sobre as águas ao encontro dele. Era preciso arriscar.
Jesus não foi buscá-lo, nem o tomou pela mão, simplesmente disse: Vem! E esperou.
Jesus também não cessou os ventos, nem acalmou as ondas para que Pedro fosse até ele. No momento em que Pedro se decidiu por ir ao encontro dele, apenas disse: Vem!
Mas Jesus estava ali, diante dele, velando por ele, aguardando a sua chegada. Entretanto, Pedro fraquejou na fé. Por medo e falta de confiança, começou a submergir.
Prontamente se decidiu por ir ao encontro de Jesus e na sua caminhada por sobre as águas, falhou. Contudo, obteve qualidades excelentes e dignas de um discípulo, um verdadeiro cristão: vontade, iniciativa e coragem pra fazer, ou ao menos tentar ir ao encontro de Deus, mesmo com fortes ventos e ondas revoltas. 
Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou o teu Deus;
Porque eu, o Senhor, teu Deus, te tomo pela tua mão direita e te digo: Não temas, que eu te ajudo.
Is 41:10,13

É preciso querer, é preciso começar, é preciso confiar e não temer.
Quem sabe você também esteja no barco da decisão, e Jesus à sua frente, esperando de você uma iniciativa.
É preciso avançar, é preciso dar o primeiro passo, é preciso sair da zona de conforto. É preciso enfrentar os ventos, desafiar as ondas e ir de encontro a Jesus.
Se você não olhar para as circuntâncias, nem para as ondas e manter seus olhos fixos em Jesus, você chegará até ele, alcançará seu objetivo. Mas se falhar, se for fraco e começar a submergir, não temas, Jesus está por perto e te estenderá a mão, virá ao seu socorro.
Jesus jamais permitirá que você morra, que as águas dos mares da vida te afoguem, simplesmente espera que você tome a decisão, que saia do barco e ande. Espera de você o primeiro passo, o segundo você não conhece, apenas confie, mas o primeiro está em suas mãos.
Lembre-se que Jesus está aí, do seu lado, pronto pra te ajudar, pra te orientar, para te estender a mão. Confie nele, e faça o que ele tem colocado em seu coração para fazer.
Jesus quer te fazer andar sobre as águas, sobre os problemas, sobre as dificuldades, sobre os medos, as dores, sobre a morte...
Não tenha medo, tenha fé! Não tenha medo, apenas caminhe...


Tal qual o pai que estende os seus braços para o filho em seus primeiros passos, esperando que ele comece a andar, nunca tirando os seus braços ao redor dele; se ele parecer cair, o pai não deixa e o segura; assim é o nosso Deus...

Saia do barco, ande por sobre o mar...

Louvado seja o Senhor Jesus!

Um comentário:

  1. muito bonito teu blog. uma benção.
    Pr luciomar

    ResponderExcluir